"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

29.6.10

Festa surpresa


Aqui no estaminé havia o hábito de trazer bolo no dia de anos, aos poucos foi perdendo-se, era saudável, mas terminou.

Um dia destes lembrei-me que uma forma de recuperar o hábito, era fazer uma festa surpresa, como esta semana há uma pessoa que faz anos, seria ouro sobre azul.

Andei a sondar, mas o interesse parece só meu, fiquei indecisa, perdi até a vontade de organizar qualquer coisa.

Acham que é uma boa ideia, ou perda de tempo?

7 comentários:

izzie disse...

Eu acho a ideia muito muito gira mesmo, sou super adepta...
Mas se o interesse parece só teu, eu cá também ficava indecisa...

Beijinho,

incógnita disse...

boa ideia =)

Lua disse...

Eu sou suspeita a dar opinião...Pois adoro festas surpresa..
Mas visto que só tu tens essa vontade...se calhar pensava melhor!!

Bjinhos

Louise disse...

Tens de analisar bem se vale a pena ou não. Se na verdade não se importam ou se não querem mesmo...

Lita disse...

Eu me confesso... DOIDA por festas! cm tal a minha opinião só pode ser: "SIM, vai em frente!"

Tiveste uma ideia bonita, a pessoa a ser surpeendida vai adorar e o resto é paisagem... não te deixes melindrar pela falta de interesse alheia. "As acções ficam com quem as faz"

Força nisso!!!

****

Lita

Sairaf disse...

A ideia é boa, normalmente o Ser humano nunca acha boa ideia porque dá trabalho ou porque não ele o interessado.
Faz sim, espairecem todos e comem bolo, cantam e ainda encantas.
Abraço grande com ternura
Saudade
Sairaf

Olga disse...

Eu sou da opinião que se deve levar um bolo para partir no dia do aniversário quando o ambiente de trabalho é bom, quando o ambiente não merece, não vale a pena tentar remediar o que não tem remédio. Beijinhos.