"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

16.4.10

Ou

engulo sapos e deixo que eles façam estragos dentro, ou "cuspo-os"[eu sei que parece nojento mas não me importo] e fico mais aliviada, embora momentaneamente[porque depois fico nervosa].

11 comentários:

Poetic GIRL disse...

Eu não gosta nadinha de engolir sapos, bem ficam aqui na garganta que são dificies de digerir, mas ás vezes tem mesmo que ser... bjs

izzie disse...

Eu admito que sou uma mestre a viver a 1ª opção embora saiba e aconselhe a 2ª como melhor.
Mas lá está... é fácil falar, certo?

Força e cá estarei para te apoiar, com sapos ou sem eles.

Beijinho,

Olhos Dourados disse...

É uma decisão que pode não ser fácil.

Lane Ferreira disse...

cheguei aqui por acaso e gostei...
bjinhos

Pepper disse...

Entendi-te perfeitamente. É um dilema que também enfrento muitas vezes.

siceramente disse...

Sapos fritinhos ! ui ui!

aa disse...

Não sei se é bom se é mau... mas, dificilmente e muito raramente 'engulo sapos'... até porque há alturas e situações que sou mais para o explusivo:) não no trabalho, mais com pessoas que me são próximas... e quando tenho alguma coisa a dizer, digo... seja a quem for... até me posso arrepender depois...mas, naquele momento...sai... por isso, entendo-te perfeitamente...:) eu penso que já vai da maneira de ser de cada um de nós...
Bom domingo!
Beijinhos,
AA

mjf disse...

Olá!
O equilibrio entre as duaspções seria o ideal!!

Beijocas

Olga disse...

Também me acontece tal e qual. Beijinhos. Mas se não falar parece que morro!

Just Me...S disse...

lol...olha amiga eu detesto engolir sapos!!!

Beijoca doce

Pinkk Candy disse...

aii, eu só engulo sapos em último caso. mas é de facto um GRANDE dilema, uma pessoa às vezes não sabe o que fazer :S