"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

19.4.10

Matraca grande

No Sabádo o meu o meu pai disse-me,
mas tu não te calas um segundo,
soube-me bem ouvir isso,
estranho,
parece contraditório,
mas é sinónimo de tranquilidade.
É que se eu estiver bem falo pelos cotovelos.

7 comentários:

Martinha disse...

és como eu!

Fi* disse...

Olha.. Somos duas! O meu silêncio normalmente quer dizer que estou mal.. :/

B. Cérise disse...

Eu também sou assim, mas fico um bocado chateada se me dizem isso!

izzie disse...

E é assim que te quero!
(Acho que partilhamos isso...)

Beijinho,

Poetic GIRL disse...

Eu quando estou calada as pessoam estranham logo e perguntam o que se passa, não sou dada a silêncios... bjs

Pinkk Candy disse...

bom sinal, então :))
continua a falar pelos cotovelos!!!

Olga disse...

Pois, eu também falo muito. Mas também sou muito boa ouvinte, segundo consta, portanto consigo um equilíbrio. Mas se falamos muito é porque estamos felizes e bem dispostos, acho eu. Beijinhos.