"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

2.7.10

A tristeza do Olhar que não podemos ver

sentimo-lo reflectido na escrita.
O coração dita e as mãos escrevem, ou são órgãos independentes em sentimento?
Isto dos blogues pode ser mágico.
Conhecemos pessoas sem estar com elas.
Fazemos amigos que nunca vimos.
Não conversamos, apenas "teclamos".
Lemos textos alegres e ficamos tristes, por sentir que tentam segurar uma lágrima, que por teimosia cai.
Os textos transmitem sentimentos contraditórios, talvez por opcção .
Consigo ler , texto que não escreveste.
Talvez isto seja,"ler nas entre linhas".
Dedicatória?
Talvez.

5 comentários:

Poetic GIRL disse...

Pois às vezes escreve-se mesmo por metáforas, talvez porque seja dificil mostrar mesmo o que vai cá dentro. bjs

izzie disse...

Adorei este texto...
Se é dedicatória é sentida e, espero que, merecida.
Porque concordo a 100% :)

Beijinho,

Olga disse...

Eu tento ler sempre o que está por detrás do texto, mas por vezes receio estar a interpretar errado. Eu penso que sou directa no que escrevo, porque sou assim na minha vida, directa, meigamente directa no que digo. Beijinhos.

Malinha viajante disse...

Ler nas entrelinhas é fácil quando já se "conhece" um pouco de quem escreve
;)
bjs

Patty disse...

Nem sempre é fácil ler nas entrelinhas sem conhecer as pessoas.
Se é uma dedicatória, é uma bela de dedicatória.
Bjocas
Patty