"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

1.3.10

Como distinguir

se as mudanças que se avizinham são boas ou más?
Ás vezes tenho sede de mudança, mas quando ela surge,
eu dou sempre um passo atrás,
estarei demasiado agarrada ao conformismo?

8 comentários:

Poetic GIRL disse...

Hmm quer-me parecer que andamos todos um bocado agarrados ao conformismo. Também sinto o mesmo. Às vezes queria arriscar mais! bjs

Su disse...

Às vezes não é só uma questão de conformismo. Às vezes é uma questão de segurança.
Além do que, é assim tão grave ser-se um pouco (na medida qb) conformista?

Verdinha disse...

às vezes é preciso arriscar :D

Patty disse...

Pois, nem sempre sabemos se a mudança é boa ou não. Temos de pensar bem.
Bjocas
Patty

continuando assim... disse...

hummmm
pois...
mas nunca te conformes com o conformismo ...não é bom :(

bj
teresa

mjf disse...

Olá!
????
Talvez comodismo e incertezas :=(((

Beijocas

Carla disse...

Lol somos duas :)

Mas eu costumo pensar que se é mudança só pode ser para melhor :)

aa disse...

Não és a única a pensar assim... também eu penso algumas vezes que me 'agarro' demais ao conformismo... até porque a mudança, é a incerteza... daí haver sempre o receio... mas, às vezes é precisao arriscar...
Não sei é se é muito bom pensar no assunto da mudança... pois muitas vezes, quanto mais se pensa, menos vontade há de dar um passo nesse sentido...
Bjs,
AA