"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

4.1.10

Ano novo, vida igual

Miranda do Douro

Mais uma vez, apenas passaram mais uns dias e por sinal bons, de muita risada, muita amizade, de comida, e de preguiça.
Para já na minha vida não mudou nada, agora resta-me mandar este pedacinho de desleixo à volta da minha barriga, e tudo volta a ser como antes.
Quero mudar algumas coisas, mas vai ser com o tempo, nada de stress, não se ganha tudo da noite para o dia, vai-se ganhando aos poucos.


8 comentários:

aa disse...

Pois é Ana, se mudassemos de vida com a facilidade com que as horas passam na mudança do ano tudo seria mais fácil... ou talvez mais complicado:)
Acho que é bom a mudança ser lenta... com tempo para pensar/reflectir e decidir...
Um bom ano para Ti! E que consigas neste ano fazer as mudanças que desejas...

P.S.-Gostei bastante desta foto e das três tonalidades que tem...

Beijocas,
AA

Sairaf disse...

Bom ano querida Ana!!
É bem verdade o que aqui escreves hoje, estou de acordo, um dia de cada vez e ele vai melhorando com o tempo.
Adorei a fotografia... espero que tenhas tido tempo para tirar mais algumas.
Abraço grande
com carinho e ternura
Sairaf

susana disse...

ora nem mais :)
é a pura da verdade, apesar de se dizer sempre, ano novo vida nova nos mantemo-nos sempre os mesmo :P
mas faz com que mude alguma coisita pra melhor :)

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE:
ana
ASSIM NAO E FACIL


DESEANDOOS UNAS FIESTAS ENTRAÑABLES OS DESEO FELIZ AÑO NUEVO 2010 Y ESPERO OS AGRADE EL POST POETIZADO DE LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

José
ramón...

ergela disse...

Tomara eu viver e trabalhar em Miranda, sem apanhar filas de carros intermináveis, sempre a pressa para alguma coisa que falta à última da hora.
A qualidade de vida que existe por aí, contrapõe à loucura colectiva das cidades.

Beijo.

Olga disse...

Entrei no seu blog por um feliz acaso, porque estou cansada de entrar em blogs (que não me interessam minimamente) desde que fiz o meu por sugestão da minha irmã, é claro que ainda estou a produzi-lo! Quero só deixar aqui a nota que adorei, pareceu-me ao mesmo tempo divertido e cheio de energia positiva. Parabéns! E acho que pode ser Ano novo, vida diferente, porque podemos mudar a nossa vida desde que se altere a forma de ver as coisas, basta ver de várias prespectivas...

Olhos Dourados disse...

Também ainda é cedo para se verem mudanças!

Ana M. disse...

Jose
bem vindo

Olga bem vinda