"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

18.2.11

Basta um sinal

Cruzamo-nos à hora de almoço, como é hábito.
Hoje foi diferente, nada de graçolas.
Tu esboçaste um sorriso.
Eu fiquei triste.
Por ti.
Conhecendo-te, soube logo que não estavas bem.
Quiseste que eu percebesse que precisavas de ajuda.
Fui ao te encontro, aqule abraço que me deste dizia muito.
Fui fraca, não consegui consolar-te, mas cedo percebi que as lágrimas tinham de cair, para conseguires dizer uma palavra que fosse.
Depois de um longo desabafo, suspiraste e sorriste, senti que estavas de novo confortável.
Sabes que podes contar sempre comigo, basta um sinal.

4 comentários:

Poetic GIRL disse...

Às vezes basta apenas um sinal, não é? beijo

Nokas disse...

Não é fácil...

Rita G. disse...

Por vezes basta um um abraço para que alguém volte a sentir-se segura e confortável. bj!:)

Olga disse...

É bom ter amigos assim.