"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

2.5.12

Porque a vida é assim mesmo

Erros

Todos nós cometemos erros. Desde que nascemos, caímos, levantamo-nos e aprendemos a diferença entre o certo e o errado. Todos cometemos erros. Uns mais graves que outros, é certo, mas ninguém está livre de errar e, por isso mesmo, de condenar erros que podiam ter sido seus. Todos cometemos erros, que nos fazem aprender a humildade, o perdão, a necessidade de absolvição que todos esperamos e nunca admitimos.

O errado não está no cometer o erro. Está no não aprender com ele. O errado está no pegar nesse erro e fazê-lo perdurar por vingança, por despeito, por puro de prazer de fazer alguém sofrer. O errado não está no errar mas sim no querer cair no erro.

Todos nós cometemos erros. São parte de nós. Fazem parte da nossa essência tanto quanto os erros não cometidos. Não lhes podemos fugir, não nos podemos perdoar sozinhos por os ter cometido. Podemos aprender com eles a ser pessoas melhores. Nunca livres de erros. Nunca seguras de não cair em mais um. Podemos aprender a querer ser pessoas melhores. Podemos aprender a não querer
mais errar.


Pedido emprestado à Teclas.

2 comentários:

Rita G. disse...

nem mais. bj!

sandra disse...

Por mais estranho que pareça ás vezes errar é bom ! bjinhos