"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

18.1.12

O pastel de natas às voltas


A propósito da crise e do pastel de nata, a senhora do café queixava-se que de há um tempo para cá a facturação tem diminuído, infelizmente é geral. Pergunto-me o que tem feito para alterar a situação, nada, continuam a vender o pastel de nata a um euro, que eu acho que é um roubo. Como diz o ditado “mais vale ganhar muitos poucos do que poucos muitos”, que português tramado.
A imagem tem três porquê? Uma a ninguém, duas a alguém e três a quem se quer bem.

5 comentários:

Rita G. disse...

Também acho muito caro!Nesses casos não consigo deixar de pensar que 1€ são 200 escudos, é muito para um simples pastel de nata! bj

Sílvia disse...

Concordo, acho caro mesmo. Mas acho pior por exemplo ver macarons serem vendidos a 0.90€. Aquilo é minusculo.

Me disse...

1€ é um disparate! É que nem os de Belém custam isso. A diferença não é muita (0,95€), mas ainda assim...

Fiona disse...

Pois, muitas vezes não se fazem aqueles pequenos ajustes que fariam toda a diferença em tempos de crise.

anf disse...

Me
a diferença não é muita mas são os originais,
bjo