"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

6.5.09

#abuso de poder

Moro e trabalho numa pequena vila onde todos se conhecem, todos sabem da vida de todos, para o bem e para o mal. Muitas vezes quem tem cargos “mais importantes” usa e abusa da informação que tem para influenciar determinadas fiscalizações. Aqueles bodes velhos que ocupam lugares sem serem merecidos ainda não estão extintos, e os novos que ocuparam o lugar da mesma forma infelizmente funcionam da mesma forma.

A situação que vou contar aconteceu com um bode velho, que por sinal se reformou há relativamente pouco tempo, e com o senhor N. O senhor N começou a construir a sua casa e como tinha PPH decidiu utilizar o dinheiro do qual já tinha tido anteriormente benefícios fiscais, mas até aí tudo direitinho, o bode velho decidiu fiscalizar o IRS do senhor N.
Fiscalização1, o senhor N achou normal alguém tem de ser fiscalizado e este ano fui eu. Fiscalização2, estranhou dois anos seguidos, enfim, tudo direitinho nada de multas, deixa para lá. Fiscalização3, isto só pode ser embirração.
O senhor N vai às finanças locais mostrar mais uma vez o IRS, como tinha confiança com o bode velho, perguntou: fiscalização 3 anos seguidos no IRS, o que se passa, ao qual o bode velho com cara de caso responde: sabes e tal é por sorteio , o senhor N muito calmo responde-lhe na hora jogo todas as semanas no euromilhões e também é por sorteio e nunca me sai nada, o IRS só entrego uma vez por ano e sai-me logo 3 anos seguidos é obra.

3 comentários:

Zé Al disse...

Há quem sai a lotaria duas vezes, três ainda não ouvi falar!São coincidências neste país ,sabe que a inveja atravessa muitas vezes certos senhores.Isso ainda se verifica mais em meios pequenos!

Olhos Dourados disse...

LOL, e tem sentido de humor!

Monikyta disse...

mas cm qm n deve, n teme....são 3 chapadinhas de luva branca nesse bode velho ;)

bj meu