"Aquilo que não nos destrói, fortalece-nos"
Friedrich Nietzsche

29.12.08

Amalia o filme



Fui ver o filme Amália e não vim muito convencida, não sei o que esperava, mas era de certeza diferente do que vi, tb não foi uma desilusão.

Ela era muito à frente para o tempo em que viveu, pareceu-me.

1 comentário:

KILGORE disse...

Não faço parte do clube dos "enrabujados" com o dito cinema nacional. Aliás, tenho tido, até, agradáveis surpresas."O Capacete Dourado", "A Outra Margem", "98 Octanas", "Alice", "Coisa Ruim", "O Fascínio","Entre os Dedos", apenas para dar alguns exemplos.
Ainda não fui ver este "Amália", pois, confesso, a personagem, independentemente do respeito que me mereça, não me diz muito nem me desperta interesse por aí além.Mas, não é de excluir essa possibilidade para breve.
Confesso, apenas, que o facto de o realizador ter feito "O Crime do Padre Amaro", me provoca algumas reservas.
A revista Premiere dá 4 estrelas.